24 de fevereiro de 2010

tanto


foi de tanto pedir que pedro conseguiu
foi de tanto andar que ana chegou
foi de tanto subir que sergio alcançou
foi de tanto beber que bil amou
foi de tanto amar que alice chorou

3 comentários:

Estéphanie Mognatto disse...

Sem um tanto não se tem nada!
=]

Thaysa de Oliveira. disse...

Amei o poema!
Teu blog a cada dia que passa vai ficando cada vez mais a tua cara!
Lindo, lindo!

Mudei o endereço do meu, esse que tá na tua lista de favoritos não serve mais, ok!

Beijão Flor =*

ana paula disse...

NAO ENTENDO ALGUMAS COISAS , MAS EU GOSTEI MUITO DO QUE EU LI . ANA PAULA