10 de novembro de 2009

Myrella Vas : bom, tem muito tempo ainda, qm sabe né ?

Quem sabe de mim

Quem sabe de ti

Quem sabe de nós

Ai de nós.

Meros coadjuvantes,

Desengonçados e descompassados,

Ligeiros e ávidos

Ai de nós

Cegos na nossa incompetência,

Cegos na nossa exigência

Cegos na nossa necessidade de trevas.

Ai de nós

Efêmeros delírios

Práticos planos

Casas construídas na areia movediça

Devaneios descartados ao leu.

Ai de nós

Ai de mim.

2 comentários:

Myrella Vasconcelos disse...

Rayza diz: vou pra uma seção de descarrego!

kkkkkkkk, inspiração ta ai viu?!
muito lindo TUDO isso q vc escreveu.
(l)

Nine disse...

casas sobre areia movediças...
dá medo!

ótimo texto.

beijos flor.