1 de outubro de 2009

você.

Como uma febre passageira, você chega fazendo alarde.

Gritante no seu silencio você me conquista com 2 olhares.

Suas peculiaridades em outras pessoas seriam classificadas de defeito.

És se não o mais completo dos mortais, perfeito.

Vem pra mim, vem agora, já esta escurecendo,

Não quero passar mais uma noite padecendo.

Sem mais, vem ao meu encontro, de braços abertos te espero

E no fundo dos meus olhos mora os teus.

Um comentário:

Amanda Luíze disse...

essa jornalista vai virar uma escritora maravilhosa!!!!!! Fã #1.

Bj